Reinclusão na matriz e risco de 60%

FUNCIONALISMO

Aprovado aumento do risco de vida para servidores do IGP
18:06 - 06/12/2011
 
Por unanimidade, os deputados aprovaram na tarde desta terça-feira (6) o aumento do percentual de risco de vida dos servidores do Instituto Geral de Perícias (IGP) de 40% para 60% do vencimento básico da categoria. A mudança será retroativa a  setembro de 2011.

O projeto do governo determina também a extinção da Gratificação de Produtividade Pericial  por considerar que não há funcionários suficientes para realizar o controle de metas sem prejuízo das atividades típicas do órgão. A medida não irá ter impacto no contracheque dos funcionários pois será compensada pela elevação do índice de risco de vida.

O projeto do Executivo prevê também a reinclusão dos servidores do IGP na matriz salarial da Secretaria de Segurança, atendendo pleito da categoria.

Texto: site da Assembleia Legislativa do RS

Lançamento do site | Boas-Vindas

É com grande satisfação que anunciamos o lançamento de nosso Site: www.aspapi.com.br. O Site da Associação dos Papiloscopistas do Rio Grande do Sul foi concebido para ser o veículo oficial de comunicação dos Papiloscopistas. Nele encontraremos temas voltados especialmente aos associados da ASPAPI/RS, bem como aos demais profissionais e interessados que buscam conhecimento nas áreas de segurança pública, perícias papiloscópicas e identificação humana, abrangendo temas regionais, nacionais e internacionais.

Além desse enfoque, estaremos disponibilizando um espaço para que os Papiloscopistas mostrem os trabalhos realizados em suas áreas de atuação, incentivando a publicação de pesquisas científicas com o objetivo de contribuir para o avanço da papiloscopia no Brasil.
 
Aos associados da ASPAPI/RS, criamos uma área exclusiva com acesso por usuário e senha, onde nosso associado poderá obter informações privilegiadas e fidedignas sobre as movimentações administrativas da nossa Diretoria-Executiva e do Conselho Fiscal e Deliberativo, como por exemplo, a prestação de contas mensal de nossa entidade.
 
Por fim, queremos ressaltar a importância desse momento, como algo que conseguimos realizar graças ao comprometimento da nossa categoria em querer aprofundar suas relações com nossa entidade maior, fato que nos deixa certos que esse instrumento que estamos colocando no ar, representará um marco contemporâneo de mais uma VITÓRIA DOS PAPILOSCOPISTAS.
 
PARABÉNS A TODOS E VIDA LONGA AO NOSSO SITE!

PROJETO PERITO PAPILOSCOPISTA É PROTOCOLADO NO IGP/RS

Perito Papiloscopista

Em audiência realizada na manhã desta quinta-feira(27/10), junto ao Gabinete do Diretor-Geral do IGP/RS, Dr. João Luiz Corso, a Diretoria Executiva da ASPAPI/RS protocolou ofício que propõe a reclassificação da carreira de Papiloscopista no Rio Grande do Sul.

Com essa medida, a ASPAPI/RS oficializa uma reivindicação histórica da nossa categoria, onde se pretende modificar a Descrição Sintética das Atribuições dos Papiloscopistas na Lei n° 11.770/02, dando reconhecimento da Papiloscopia como uma especialização da Criminalística e consequentemente elevando nossas atribuições como atividade de nível superior, de grande complexidade.

Trata-se de um momento singular que precisa ser entendido como um ato de inequívoca valorização de uma carreira que, há mais de um século, contribui para o êxito de um estado democrático de direito, onde, através do respeito às leis, a sociedade tem a garantia da promoção da justiça.
Na esteira dessa notícia, A ASPAPI/RS, parabeniza os Papiloscopistas pela passagem do Dia do Servidor Público, ratificando nosso compromisso em prol dos nossos associados.
 
Abraço a todos.  
 
Guilherme Ferreira Lopes
Presidente Aspapi 2011 - 2015 

ASPAPI/RS REÚNE-SE COM DEPUTADO ELISEU PADILHA


b_200_150_16777215_00___media_images_padilha(1).jpg

O Presidente da Associação dos Papiloscopistas do Rio Grande do Sul, Guilherme Ferreira Lopes, acompanhado pela 1ª Vice-Presidente Marlene Nunes de Moura e da Papiloscopista Carla Patrícia Montenegro, participaram no final da tarde de segunda-feira (03/10), de reunião no escritório regional do deputado federal Eliseu Padilha.

No encontro foram discutidos assuntos de suma importância para a categoria dos papiloscopistas, especialmente sobre o substitutivo da Câmara dos Deputados ao projeto de lei do senado nº 244, de 2009 que dispõe sobre a condição de perito oficial dos papiloscopistas em suas perícias especificas.

Na ocasião foi entregue ao parlamentar um documento solicitando o apoio do mesmo ao projeto. O deputado Eliseu Padilha, profundo conhecedor e defensor da matéria se mostrou sensível a causa e prometeu se empenhar junto ao senado Federal, visando à agilidade dessa pauta de votação e consequentemente a aprovação do mesmo.

XI Congresso Brasileiro de Identificação

Congresso de CuritibaQueridos colegas. É com imensa satisfação que vimos lhes trazer os principais pontos desenvolvidos no XI Congresso Brasileiro de Identificação e Encontro de Diretores de Institutos de Identificação, ocorridos entre os dias 21 e 23 próximos passados, em Curitiba, no Paraná.

Primeiramente, chamou-nos à atenção a expressiva presença de colegas gaúchos presentes às plenárias, palestras e worhshops, sendo o nosso o terceiro Estado (entre os vinte lá representados, além do Distrito Federal) em número de participantes, 17 ao total, só atrás dos locais e do Espírito Santo. Nossa numerosa participação se agigantou ao ser exponenciada pela constante participação dos gaúchos nos debates e interpelações coerentes aos ministrantes. Em suma, usufruímos de tudo o que havia disponível e nos fizemos vistos pela nossa ativa, criativa e positiva interação com os demais.
 

Leia mais: XI Congresso Brasileiro de Identificação

Pagina 18 de 18

Congresso

XIII Congresso Brasileiro de Papiloscopia, Perícia Papiloscópica e Necropapiloscópica